Dedetização Porto Alegre – Pulga

Dedetização Porto Alegre – Pulga

Desentupidora em Porto Alegre

Dedetização Porto Alegre – Pulga

Construsul Dedetizadora Porto Alegre

Levante a pata o cachorro ou gato quem nunca teve pulgas! É bem difícil encontrar um animal sortudo assim. As pulgas vivem em ambientes onde habitam animais doméstico e isso não tem nada a ver com a falta de limpeza. Elas se reproduzem rapidamente e, além de atormentar os animais, existem doenças que são causadas por pulgas. Para combater essa praga doméstica, é importante entender um pouco mais sobre elas.


 Como Acabar com as Pulgas

Construsul Dedetizadora Porto Alegre

O cão adquire algumas pulgas durante os passeios, após encontrar outros cachorros ou ambientes infestados. O mesmo acontece com os gatos. As pulgas são levadas para casa e lá encontram locais ideais para desenvolver seu ciclo reprodutivo. E que lugares são esses? Um tapete, o carpete, frestas no piso, principalmente os tacos, aquele quartinho cheio de papelão, jornais e revistas velhas, um colchão, um sofá ou caminha onde seu animal gosta de ficar.

A pulga se alimenta do sangue do seu cachorro. No meio da pelagem ela encontra seu par, fica “grávida” e começa a colocar ovos. Quantos? Cerca de trinta por dia. Uma pulga vive 3 meses e coloca 30 ovos por dia, portanto, ela produzirá mais de 2 mil ovos durante a sua existência!!!

Note: dois mil ovos por pulga. O resto do ciclo se dará no ambiente: os ovos não se fixam à pelagem e irão parar naqueles “locais ideais”, bem escondidos. Os ovos transformam-se em larvas que se alimentam de poeira. As larvas passam para a forma de pupa, estágio no qual poderá permanecer adormecida por até um ano. Na presença de calor e umidade as pupas se transformem em pulgas que irão infestar o animal em busca de alimento. E tudo começa novamente. Por isso as pulgas diminuem nas épocas frias e reaparecem no verão!

O cachorro ou gato leva algumas pulguinhas para casa, mas o ambiente é o grande vilão, responsável por “produzir” milhares de novas pulgas. Apenas 5% das pulgas ficam no cachorro. A maior parte delas (95%) está espalhada pela casa, na forma de ovos, larvas e pulgas jovens.

Curiosidade: Se você não vê as pulgas (elas são rápidas), pode ver as fezes delas que são pontinho pretos na pelagem. Quanto mais pontos pretos, mais pulgas há.

Se Minha Casa está Infestada de Pulgas, por que eu não Senti Nenhuma Picada?

Tem um detalhe que você não sabia sobre as pulgas: elas são espécie-específicas. Isso quer dizer que existem pulgas que atacam humanos e outras que picam animais. Como elas sabem diferenciar? Pela temperatura corpórea. Cães e gatos têm a temperatura mais alta do que a nossa, entre 38-39oC.

A pulga de animais não vai atacar as pessoas enquanto ela tiver disponível sua fonte de alimento: os cães. Porém, se você observar seu amigão e dezenas, até centenas de pulgas forem encontradas, principalmente na região do abdômen (barriga) e em volta do ânus e cauda, comece a se preocupar. Grandes infestações de pulga no ambiente fazem com que elas, na ausência de alimento suficiente, passem a picar também as pessoas da casa.

Como eu Vou Acabar com Essa “Praga”?

Já vimos que o problema não é apenas o animal. Para você ter noção da extensão da infestação, faça um teste simples. Dê um banho antipulgas no seu animal e procure certificar-se que foram mortas todas as pulgas. Após secá-lo bem, solte-o na casa, mas não o leve para a rua. Uma ou duas horas mais tarde, verifique se o seu cão está com pulgas.